Axiomas

Pessoal, estou migrando o conteúdo do antigo Blog para este, a pouco encontrei um texto super legal que gostaria muito de compartilhá-lo novamente.

O texto é do amigo Rodrigo Alegro do blog: http://allegrobgblog.wordpress.com

————————————————————————————

Dizem que conselhos são uma forma de nostalgia. Por isso, vou escrever com base nas minhas próprias experiências e observações, que são fruto dos meus acertos e muitos tropeços. Fiquem tranqüilos, pois não recomendarei que usem “filtro solar”. Buscarei ser breve e direto. Irei sintetizar “tudo” em 12 conselhos, que, como são meus, minhas verdades, chamarei de Axiomas Fields, sendo eles:

1º  – O que quer que deseje ser, seja qual profissão for, que ela seja por opção, nunca por falta dela. A falta de sinceridade profissional é um dos piores pecados que podem ser cometidos e, normalmente, condena o pecador à mediocridade profissional, seguida de frustração pessoal.

2º – A formação acadêmica, certificações e cursos são muito importantes. As certificações, por exemplo, no mínimo, mudam o seu currículo de pilha na mesa do avaliador. Porém, é o modo como você faz o seu trabalho e produz resultados objetivos (mensuráveis) que irá definir você como profissional. Obtenha títulos e certificados, mas faça com que os seus resultados possam falar mais por você que eles. Resultados são sempre o melhor cartão de visita. Se tiver dúvidas quanto a isso, pense em Bill Gates e Steve Jobs, por exemplo.

3º – Vivemos em uma sociedade de consumo. Por isso, evite torna-se um bem que vai ser consumido e descartado. Ao invés disso, torne-se um ativo. Não só “ganhe”, “faça” dinheiro. Evite modismos. Tenha visão holística. Seja pragmático(a). Neste aspecto, desconfie de 50% daquilo que ver e 100% daquilo que escutar, sempre.

4º – Envolva-se em encrencas boas. Escolha projetos e desafios complexos. Não se acomode. Não tenha auto-piedade. Não se envergonhe por ser competente. Descubra e potencialize o seu talento. Seja diferente do “rebanho”. Você tem que saber o valor da sua contribuição para o todo, e também deixar isso claro aos demais. É cruel, mas é assim que o “mercado” funciona.

5º – Desenvolva sua rede (networking). Participe de eventos, de redes sociais (LinkedIn, Plaxo, etc.), de comunidades e grupos relacionados com suas áreas de atuação. Esteja presente nas confraternizações e eventos formais e sociais da sua empresa. Aproxime-se do seu cliente. Sorria! Seja alguém com quem as outras pessoas queiram se relacionar e ter por perto. Muitos assuntos do trabalho são resolvidos em ambientes informais, acredite. Isso é o que chamam de ócio criativo. Uma boa rede vale tanto, ou ainda mais, que o seu esforço de formação.

6º – Não basta ser honesto(a), é preciso parecer honesto(a). Esse é um velho ditado romano valioso. Cumpra compromissos firmados, e avise com antecedência quando não puder cumpri-los. Cuide da sua reputação. Defenda com vigor a sua honra. Fuja de boatos e dos boateiros, ligue-se aos fatos.

7º – Se a sua profissão exigir liderança, lidere! Não tenha receio de decidir. Seja justo, mas, quando não for, desculpe-se. Seja coerente. Não subestime ou subjugue seus liderados. Não permita ser subestimado ou subjugado. Comprometa-se e proteja os seus liderados. A lealdade é o patrimônio do líder.

8º – Os locais onde trabalhamos, a quem servimos, e as pessoas com quem escolhemos andar dizem muito sobre nossos valores. Nesta mesma linha, a forma como terminamos as coisas diz muito sobre quem verdadeiramente somos. Evite as ações motivadas por raiva, ao invés disso, racionalize.

9º – Preserve sua família, os amigos e a(o) companheira(o). Esse deve ser o seu “lugar sagrado”, pois, por melhor que seja a sua relação com o trabalho, ela tem limites de tempo. E, quando esse tempo esgotar, para onde voltamos? Quando “tudo” parece dar errado, a quem procuramos? Onde encontramos apoio?

10º – Cuide-se! Esteja vivo para usufruir de tudo aquilo que está “plantando”. Lembre-se que sua relação com o mundo se dá por interseções (você e a sua família, você e o seu filho(a), etc.), mas, o ponto de contato é você, sempre você!

11º – Acredite no seu potencial. Desenvolva o seu auto-conhecimento. Siga a sua intuição. Se você acreditar em você, os “outros” tendem a fazer o mesmo. Vibre com as suas vitórias. Se permita errar, mas busque ser assertivo. Apaixone-se por você! Se não fosse assim, não existiriam líderes, presidentes, etc.

12º – “Fortitudine Vincimus”.

Sinceramente, espero que os meus axiomas possam ser úteis a você da mesma maneira que eles me são úteis. É bem verdade que não consigo praticá-los sempre, mas são neles que busco orientação. Compartilho com vocês o que de melhor a experiência me trouxe. E, por mais que meus axiomas possam parecer a compilação de livros de auto-ajuda, não o são.

Escolhi escrever este texto por razão de observar nas várias listas e grupos dos quais participo profissionais em início de carreira “gritando” por orientação. Essa é a minha pequena contribuição a esses profissionais. E, como diz a sabedoria popular – “Conselho bom não se dá de graça”. E, por crer nisso, como pagamento, peço que você se comprometa sinceramente com o seu sucesso e que crie e, quando julgar procedente, divida os seus próprios axiomas.

Saúde, sabedoria, sucesso, satisfação e sorte!

_____________

Rodrigo Campos .:. Diretor Presidente do Allegro Business Group. Consultor atuante no mercado de tecnologia da informação e logística há mais de 15 anos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s